Notícias

« Voltar

Jovens Aprendizes da NovaBR são destaque em torneio de robótica

03.02.2020

Equipe foi a primeira colocada na categoria Melhor Design

Time foi primeiro colocado com Melhor Design, e irá participar da competição nacional.

Alunos da primeira turma do Programa Jovem Aprendiz da NovaBR se classificaram para a etapa nacional do Torneio Sesi de Robótica First Lego League, que ocorrerá em março em São Paulo (SP). A Robô Liga ficou entre as 04 melhores de um total de 22 equipes, representadas por diversos municípios do Pará e dos estados do Maranhão e Amapá. O torneio é operado nacionalmente pelo SESI.

Nesta etapa regional, a turma da NovaBR foi a grande campeã na categoria Design do Robô, o que foi fundamental na classificação geral. O evento, inédito na região, aconteceu neste final de semana, no SESI Ananindeua.

A equipe Robô Liga, que participa de um projeto de robótica oferecido pelo Senai, se baseou na construção de um robô produzido com peças de Lego e sensores de movimentos para executar as provas. Os alunos também desenvolveram um projeto de cidade sustentável, que utiliza um aplicativo para alertar sobre vagas de estacionamentos públicos. O app identifica a vaga a partir da movimentação de veículos em vias, utilizando captação de energia cinética para o funcionamento da plataforma.

O projeto ficou em 1º lugar na categoria de Melhor Design e em 4º na competição de Robótica. A equipe Robô Liga conta com participação de Camili Ranieli, aluna do curso técnico em Administração, e mais três Integrantes da NovaBR: Jonatas dos Santos e Rubens de Souza, de 16 anos, e Vinicios Moreira, de 15 anos. Eles participam do Programa Jovem Aprendiz como alunos do curso de Auxiliar de Obras de Edificações, oferecido pelo Serviço Nacional da Indústria (SENAI).

O grupo Robô Liga em plena competição.

A etapa nacional do Torneio de Robótica Sesi First League será nos dias 6, 7 e 8 de março no Parque do Ibirapuera em São Paulo. Para Vinicios Moreira, foi difícil controlar a emoção ao descobrir que estava classificado para a etapa nacional. “Sou muito grato por poder fazer parte de tudo isso, a equipe se dedicou por semanas para pensar e desenvolver o projeto. Só quero agradecer a NovaBR pela oportunidade”, comemorou.

Para a engenheira eletricista da área de Engenharia de Produção da NovaBR, Lorena Bacelar, a competição é uma oportunidade curricular que pode despertar o interesse para a carreira acadêmica. “O que esses jovens estão fazendo hoje pode incentivar outros a entender como os estudos podem ser o caminho, despertando a necessidade em sair daqui atrás de mais conhecimentos em uma faculdade”, ressalta.

Jovem Aprendiz

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), a NovaBR oferece o Programa Jovem Aprendiz. As primeiras vagas foram destinadas para filhos, enteados, menores sob guarda, ou parentes de 1º grau de Integrantes, com idades entre 14 e 17 anos, que estejam cursando o Ensino Médio. Atualmente, a NovaBR tem 18 Jovens Aprendizes, que são alunos do curso de Auxiliar de Obras de Edificações, em uma iniciativa da Odebrecht Engenharia e Construção Internacional (OECI), empresa que executa as obras de requalificação da BR-316.

Os alunos recebem bolsas de estudos e transporte para o pleno acesso às aulas, que vão até agosto deste ano. As aulas ocorrem na sede do Senai, com visitas às obras do projeto.

Requalificação

As obras de requalificação da BR-316 ocorrem nos primeiros 10,8 quilômetros da via, do trecho entre o Entroncamento até a área próxima à entrada da Alça Viária. A intervenção consiste na implantação de pistas com três faixas de rolamento com pavimento flexível nos dois sentidos, uma faixa em cada sentido exclusiva para o BRT Metropolitano, duas ciclovias, sendo uma em cada sentido, dois passeios para circulação de pedestres, faixa de piso tátil, rampas de acessibilidade e mobiliário urbano.  

Também estão sendo instaladas 13 conjuntos de Estações de Passageiros e 13 passarelas de pedestres ao longo do canteiro central. Além disso, são previstos dois terminais do BRT, o Centro de Controle Operacional (CCO), quatro túneis de acesso subterrâneo aos terminais e o viaduto de Ananindeua. O sistema vai beneficiar toda a Região Metropolitana de Belém.

É importante que motoristas, ciclistas e pedestres fiquem atentos às sinalizações de segurança na área, pois devem ocorrer breves interrupções no trânsito. O projeto NovaBR é uma obra do Governo do Pará, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM).

« Voltar